CS:GO: Sharks começará temporada de 2021 na Europa

Segundo fontes próximas ao Baserush, a organização portuguesa yng Sharks tem planos de iniciar a próxima temporada no continente europeu. O plano da equipe treinada por Hélder “coachi” Sancho era a mudança para os Estados Unidos, já nesse ano, algo impedido por conta da pandemia.

A situação pandêmica alterou os planos para a próxima temporada dos tubarões, que disputaram na maior parte do ano campeonatos no Brasil. A ideia inicial para o próximo ano era deslocar o elenco definitivamente para os Estados Unidos, no entanto, a decadência do cenário local forçaram mudanças nos planos da equipe.

coachi e restante staff tiveram que refazer planos para 2021 (Foto: HLTV)

A organização portuguesa yng Sharks confirmou ao Baserush tudo o que foi citado, acrescentando que avaliará o cenário norte-americano no meio do ano. A organização portuguesa disse ainda que a prioridade será sempre estabelecer-se nos Estados Unidos.

O cenário norte-americano vem perdendo forças com a migração de vários jogadores para o VALORANT, o FPS da Riot Games. Grande parte dos atletas viu em VALORANT uma oportunidade de se firmar num competitivo e uma chance de receber melhores salários. Com isto, o cenário norte-americano ficou mais fragilizado, permanecendo apenas com equipes de topo como Team Liquid e Evil Geniuses.

RETROSPECTO DA EQUIPE

Recentemente, a equipe disputou a GamersClub Masters VI, caindo nas semi-finais da competição para a 9z. No terceira temporada do CLUTCH, os tubarões chegaram na final, onde foram derrotados pela RED Canids, por 3×2.

A organização passou por várias alterações, com as adições de Lucas “Lucaozy” Neves, Fillipe “pancc” Martins e Daniel “danoco” Morgado. No banco estão Luca “Luken” Nadotti e Leonardo “leo_drk” Oliveira, este último que passou por um empréstimo ao MIBR na reta final do ano.

Siga o Baserush no Instagram e no Twitter e fique por dentro de tudo. Também estamos na Twitch!