CBLOL: Após 5 jogos, paiN vence LOUD e enfrenta o Flamengo

pain loud

Após um fim de semana de descanso, começaram os playoffs do CBLOL, com o primeiro jogo das quartas de final sendo das duas maiores torcidas, paiN vs LOUD, o vencedor prosseguindo para a chave do Flamengo na semifinal. O começo do confronto não foi neste sábado, às 13h, na transmissão, mas sim ainda ontem, no Twitter, com ambas as torcidas fazendo mutirões de tweets com a hashtag de seus times, já esquentando os ânimos e aumentando o hype para a partida de hoje.

Partida 1

O patch para essa fase final é o 11.6, com isso, novas escolhas estão sendo disputadas pelas equipes, e isso já é visto logo na primeira partida com o first pick de Thresh pelo time da LOUD, que surpreende até os casters, mas que completa a estratégia na volta com a escolha de Jinx para atirador, completando com Volibear para o Mewkyo. Todos esses novos picks surgem com mudanças nessa última atualização do jogo.

A paiN vem com a mesma proposta de jogo que já está acostumada, com muitas escolhas para boas lutas e pick-offs, com Gragas no topo, Hecarim na selva e na rota inferior Tristana e Nautilus. Com um plano de jogo mais na zona de conforto mas campeões muito fortes no meta que aparecem não só no Brasil como em outras ligas na rodada da semana.

E logo nos primeiros minutos de jogo a LOUD aproveita a vantagem da selva e com um gank cedo na rota inferior eles conseguem os dois abates logo no começo da partida, já conquistando uma vantagem. E não bastando o abate, prejudicam a Tristana do brTT no farm, também. Com o time na frente, eles vão insistindo no ponto mais fraco da paiN e antes dos 10 minutos a LOUD abre 6-0 contra a paiN com 3 abates para o atirador e 3 para o caçador, e só precisam administrar o snowball para fechar o primeiro jogo da série.

Aos 15 minutos de partida, a tropa da LOUD abre 7 mil de ouro de vantagem, com 4 torres destruídas contra apenas 1 da paiN, e abatido os dois primeiros dragões da partida, com a imensa vantagem, a paiN é obrigada a jogar sempre no mais seguro possível recuando e fugindo sempre que a LOUD procura as lutas. Com o barão nascendo, a equipe da paiN não deixa mais tão facilmente a LOUD jogar da forma que preferir, e consegue com um pick-off abater DudsTheBoy, mas no caminho perde dois jogadores e a LOUD vai para o barão, porém mesmo assim eles insistem em tentar lutar para atrasar esse objetivo, mas, pela equipe estar muito atrás na partida, falham na tentativa e a LOUD finaliza o barão.

Com o time da paiN ficando um pouco mais forte, passam a ter mais confiança para sair da base e criar jogadas e lutas, porém, em uma tentativa de luta no dragão, a LOUD joga o Azir e a Jinx para levar a torre do inibidor do meio enquanto o resto do time segura os jogadores da paiN para ninguém voltar para a base. Ao mesmo tempo, o Gragas do Robo dá TP para voltar a base mas todos os outros campeões são interrompidos pelo Volibear de retornar, por causa disso o time da LOUD consegue destruir todas as torres e levar o Nexus e a primeira partida da série.

Partida 2

Para a segunda partida, a paiN com o first pick escolhe Thresh para tentar repetir a estratégia de Jinx que foi superior pelas mãos da LOUD na última partida, mas sabendo disso a LOUD retorna com a escolha de Jinx para não deixar para brTT, com isso a paiN faz uma composição com mais atiradores e uma Nidalee na selva, com um Cho’Gath somente de tank jogando no topo. Mewkyo finaliza as escolhas com um Udyr.

A LOUD faz a exata primeira jogada da partida anterior, com um gank no nível 3 do caçador e consegue o first blood no Luci, mas brTT consegue sair vivo com sua Caitlyn. Mesmo assim essa morte acaba com a fase de rotas tranquila que uma Caitlyn teria.

No nascimento do primeiro arauto, o time da paiN faz uma chamada boa e consegue dominar a área e começar o objetivo, mas, conforme a LOUD vai se aproximando para fazer pressão, a paiN fica um pouco perdida e não consegue finalizar o objetivo tão rapidamente, dando tempo para um engage coordenado por Tay de Renekton e Dynquedo de Ahri, roubam o arauto e conseguem dois abates.

Na casa dos vinte minutos de partida, uma ótima jogada de Ceos com sua Rell transforma a luta em 4 abates para a LOUD e o Barão, e assim como na primeira partida, começa o snowball novamente. Mas ao contrário da outra partida, a paiN não entrega tão facilmente a vitória, e consegue se segurar muito bem na base, tentando segurar o jogo tempo suficiente para a vantagem de ouro ser só um número, com todos os jogadores já na casa dos seis itens. Com a LOUD indo para fazer o próximo Barão, a paiN vai e abate o Dragão ao mesmo tempo, para não deixar a equipe chegar próxima do bônus da alma. E como não só brTT está de Caitlyn, como tinowns também está de Lucian, outro atirador, facilita bastante a limpeza das ondas de tropas

Com a partida já passando dos 40 minutos, ambos os times já estão fortes o suficiente para nenhuma luta ser fácil e todos os jogadores fazem a famosa dança em volta do covil do Barão, mas, uma movimentação errada de brTT faz ele dar de cara com a tropa da LOUD, e com esse pick-off eles não conseguem mais segurar a base e deixam a LOUD com um pé na semi-final contra o Flamengo.

Partida 3

Na terceira partida, o time da paiN tenta fazer o feijão com arroz e vir com picks que eles já estão mais na zona de conforto, Robo escolhe sua Camille, tinowns sua Zoe e brTT vem com seu famoso Draven, pelo lado da LOUD eles repetem as escolhas que funcionaram de Udyr para Mewkyo, Jinx para o Duds e a novidade nas escolhas vem na mão de Tay com pela primeira vez escolhendo Mordekaiser.

E, como todas as partidas o first blood vem acontecendo pela rota inferior, nessa partida não seria diferente, porém dessa vez nas mãos de Cariok, que estava pela parte de baixo do mapa esperando o gank cedo do Udyr, que preferiu voltar para a base e então o Hecarim aproveita o 3×2 e abate Duds.

Com o nascimento do Arauto, o Udyr tenta fazer escondido enquanto todas as rotas estão tranquilas, mas esquece de checar as sentinelas em volta, e quando estava próximo de finalizar o objetivo, chega a cavalaria da paiN e consegue o abate não só pra cima do Mewkyo, como garante o arauto. Mas o karma pra paiN chega minutos depois, quando a paiN estava fazendo o primeiro Dragão do jogo, DudsTheBoy rouba o objetivo com sua ultimate.

Após três dragões, com o próximo que seria a Alma para o time da paiN, a LOUD não poderia deixar de graça o objetivo que é tão importante, e com isso é mais uma grande teamfight, Luci tenta dar o engage de Rell, mas instantaneamente Tay usa seu ultimate para parar ela. Porém, com isso, brTT não tem mais medo de ser ultado pelo Mordekaiser, e fica livre para se posicionar como quiser na luta, e o time da paiN com isso consegue um ace sem perder nenhum jogador, e ignora o dragão para correr até a base inimiga e garantir a vitória.

Partida 4

Para a quarta partida, a LOUD vem com a composição da paiN na segunda partida de dois atiradores, com Jinx na rota inferior e Lucian no meio, novamente com Tay de Mordekaiser e Mewkyo de Udyr e no suporte, Ceos de Rell. Já para a paiN, Robo e Cariok repetem Camille e Hecarim, brTT pega a Tristana novamente, e vem de novidade na série o Viktor para tinowns e Leona para o Luci, com essa composição mais para escalar, podem cometer o mesmo erro dos primeiros jogos de a LOUD dar um snowball muito cedo.

O jogo começa com ambos os times muito cuidadosos com os detalhes, a paiN sabendo que não pode cometer um deslize pois isso significaria a eliminação e a LOUD sabendo que ir de 2-0 para 2-2 iria afetar muito os jogadores para o quinto e último jogo. E por isso não acontecem muitos abates no jogo, com somente 3 em 10 minutos, todos pela região do topo, e em todas as outras lanes focando só em farm e esperando por mais momentos de luta.

Com isso, a LOUD faz o arauto enquanto a paiN faz o Dragão, e minutos depois tentam forçar uma luta no meio para abater tinowns e usar o arauto, mas dá errado e quem acaba morrendo é o dyNquedo, o arauto não consegue destruir a primeira torre e a paiN que sai na vantagem conseguindo fazer o segundo dragão da partida.

Após alguns abates isolados, nasce o terceiro dragão do jogo e com a LOUD um pouco atrás, ela larga o objetivo de mão para fazer o arauto em resposta. Com isso a paiN deixa somente o Hecarim fazendo o dragão e o resto do time tenta puxar a rota do meio. Com isso a LOUD desiste do arauto e tenta forçar uma luta já que o time da paiN estava com um a menos, e até consegue um abate, mas com a paiN dando disengage, a paiN sai com o dragão e ainda impede de o time da LOUD realizar o arauto. O time da paiN com a vantagem, mesmo que ainda pequena, consegue alguns abates em rotas laterais e já prepara o terreno para fazer não só o dragão da alma como o barão, e a próxima grande luta ocorre justamente no dragão. Com Robo posicionado na parte de trás escondido, ele aparece e força a ultimate do Mordekaiser nele, e os dois se afastam e lutam no um-contra-um como se ainda estivessem na fase de rotas. No 4 contra 4, brTT muito bem posicionado consegue realizar os abates e dar os resets com as bombas e o salto foguete, realizando assim o ace para a paiN, garantindo não só o dragão como o barão, e finalizam o jogo.

Partida 5

Na partida decisiva, a LOUD muda um pouco a estratégia que trouxe nos banimentos das últimas partidas. Preferiu banir a Camille de Robo e deixar a Kai’Sa livre, que a paiN sem pensar duas vezes escolhe no first pick. O time da paiN vem com novas escolhas também no topo e no meio, com Sett para o Robo e tinowns com seu conhecido Twisted Fate. Já a LOUD vem com Xayah e Aatrox do Tay de novidade na série, e Mewkyo e Cariok trocam de campeões, agora com a LOUD usando Hecarim e a paiN de Udyr.

O jogo começa animado, com os dois junglers se posicionando no começo pela rota superior, e com isso logo no terceiro minuto de partida já acontece um 2×2, com um abate para cada lado. E logo no retorno de cada um para a rota, novamente os caçadores voltam e outro 2×2 acontece, mas dessa vez tinowns acompanha com seu Teleporte e eles conseguem os abates no topo e no caçador inimigo. A mesma jogada acontece pela terceira vez seguida, totalizando um 5-2 para a paiN na partida aos 7 minutos, com todos os 7 abates acontecendo pela rota do topo nessa sequência.

Um jogo até então com muita vantagem para a paiN, mas após uma teamfight mal organizada, a LOUD joga melhor e conseguem um ace muito cedo no jogo, sendo o respiro que a tropa precisava no momento. O jogo chega aos 15 minutos com quase 5 mil de vantagem de ouro para o time da paiN, e três torres destruídas contra nenhuma da LOUD, porém o recurso da LOUD está mais distribuído entre os jogadores, enquanto de todos os 8 abates da paiN, 4 estão nas mãos do Sett e 4 estão nas mãos do Udyr, caso Tay ou Cariok não consigam encaixar uma boa luta, ela desanda muito fácil para a paiN.

Digno de Jogo 5 de uma série, todas as lutas são muito equilibradas para ambos os times, mesmo depois de uma luta onde o Aatrox de Tay consegue um triple kill e puxa a rota do meio, logo em sequência, na próxima grande luta quem sai vitoriosa é a equipe da paiN, que consegue em vantagem numérica abater o barão, e com isso derrubam uma das torres de Inibidor da LOUD. A paiN aumenta a vantagem de ouro para 8 mil.

Na luta pelo próximo barão, o time da paiN estava melhor posicionado pelo covil enquanto a LOUD avança para contestar, mas com um problema, Mewkyo não tinha seu Golpear, então eles não poderiam tentar roubar o barão somente, e sim comprar a luta e abater os jogadores da paiN. Durante a luta só um jogador de cada lado morre, porém, Robo recua e começa a retornar para a base, enquanto Kami avança para o meio do time da LOUD e posiciona uma sentinela para Robo teleportar diretamente da base, com a vida cheia, e conseguem garantir o ace e o primeiro reverse sweep* da história do CBLOL. (*Reverse Sweep é quando uma equipe, perdendo de 2-0 na série, consegue ganhar os três jogos em sequência e sair vitoriosa)

A paiN Gaming joga agora contra o Flamengo Esports na semifinal do dia 3/4, como sempre às 13h nos canais oficiais do CBLOL.

Siga o Baserush no Twitter e Instagram e fique por dentro de tudo do mundo do LoL e dos Esports!