Discussão: Qual o valor de jogadores antigos/experientes para o CBLOL?

Chegando no fim da fase de grupos do CBLOL, tivemos o time da Red Canids rebaixado para o Circuito Desafiante de 2019. Com isso, o time dos coreanos Sky, Chaser e companhia possivelmente se juntarão a uma lista de vários jogadores experientes, campeões que estão disputando ou já disputaram equivalente ao tier 2 do LOL brasileiro.

Então com isso trago uma possível discussão: Qual a verdadeira função/valor de um jogador experiente hoje em dia?

Confira a lista de alguns jogadores que passaram/passam por esse momento:

Brtt, Esa, SirThulio, Jisu jogando pelo Flamengo no primeiro split de 2018;
Takeshi e Ziriguidum atualmente jogando pela equipe da Team One;
Alocs, que depois de várias finais de CBLOL e bootcamp na Coreia, acabou indo para a Iron Hawks;
Tinowns e Dioud ambos campeões brasileiros e representantes brasileiro em Mundial jogam atualmente pela Pain Gaming;
Kalec, que participa do cenário competitivo desde o início e hoje joga na OPK.

Podemos ver aí uma lista com jogadores campeões de CBLOL e campeonatos internacionais, e que com certeza poderiam estar em qualquer time de primeira divisão. Os recentes rebaixados Mid-Laner Sky que foi reserva do Faker e o Jungler Chaser, que atuou em lck em times como Jin Air e Longzhu Gaming são outros fatores que levantam essa discussão. O time da Keyd Stars que tem a melhor line-up da história do cenário BR também se classificou na última rodada com a quinta colocação da escalada.

Com certeza o cenário passou por uma reformulação ou está ainda passando. Hoje temos times com muitos jogadores novos se destacando no cenário como no caso da Team One campeã do 2 split de 2017 e a Kabum no primeiro de 2018. Recentemente estamos acompanhando o crescimento da IDM com jogadores como o Any, Cariok, a CNB com a entrada do jungle Hyoga e do ADC Bydeki.

Anyy comemora a classificação da IDM para a escalada. Foto: Flickr – Riot Games Brasil

Será que isso é exclusivamente do nosso cenário? Podemos acompanhar a Cloud 9 que rebaixou jogadores consagrados de seus times, como o ADC Sneaky, mas depois os trouxe de volta. O time da SKT que tirou recentemente o Mid-Laner Faker, para colocar o reserva Pirean, são casos que, aos poucos podemos acrescentar nessa discussão.

O que podemos decretar é que os novos jogadores estão ganhando espaço e reconhecimento. Mas também eles um dia podem virar os antigos/experientes. E como será esse dia?

E você, o que acha sobre isso? Deixe um comentário aqui ou nas nossas páginas tanto no Twitter como no Facebook.