Rakin é o novo jogador da Team Liquid

Demorou, mas chegou. Depois de muito suspense, o mid-laner Rafael “Rakin” Knittel divulgou em suas redes sociais que é o novo jogador da Team Liquid

Confira o anúncio da Team Liquid em suas redes sociais:

 

Rakin estava sem time a mais de 1 mês, quando a CNB e-Sports anunciou sua saída e de mais 3 jogadores. Desde então, o jogador focou apenas em suas streams. Ele também representou o Brasil no All-Star 2018, onde no evento 1×1 acabou perdendo na primeira fase para o selva, Han “Peanut” Wang-ho.

Começando a sua carreira profissional em 2013 pela Call Gaming, Rakin tomou notoriedade ao entrar para o time B da CLG (CLG Black) em 2015, onde ficou pouco tempo. No mesmo ano, decidiu voltar ao Brasil, jogou por times como BraveJayob (atuou na posição de atirador), e em dezembro de 2015 assinou com a Big Gods, time que defendeu durante o ano de 2016 inteiro. Depois de boas atuações no 2º split do CBLOL, foi contratado para pela Pain Gaming para ser reserva do também jogador da rota do meio Kami.

Em 2017, depois de perder para o time da Red Canids na semi-final do 1º split, Rakin anunciou uma pausa na carreira. Ficou como streamer da equipe até o final do 2º split, quando a Pain perdeu a final para a Team One. Depois disso veio a oportunidade de defender a CNB e-Sports. Então, em outubro do mesmo ano, foi anunciado pela equipe blumer.

Já na CNB, disputando o 1º split do CBLOL de 2018, Rakin anunciou mais uma pausa, no fim da segunda semana, em um vídeo divulgado pela própria CNB. Nesse vídeo, Rakin disse que o motivo foi não ter conseguido atingir todo o seu potencial. Porém sua volta não demorou muito, foi na quinta semana, contra o time da ProGaming eSports. Depois disso, não teve mais pausa, nem descanso. Rakin atuou durante o split inteiro, perdendo na escalada para a Vivo Keyd, ficando em 4º lugar. Já no segundo split acabou ficando em 3º, depois da derrota na escalada para o time do Flamengo.