VALORANT: Havan Liberty vence FURIA e se torna a primeira equipe brasileira classificada para Berlim

Na noite da última quinta-feira (19), a equipe da Havan Liberty bateu a FURIA pelo placar de 3×0 na final superior do VALORANT Challengers Brasil. Com a vitória, a equipe da Havan é o primeiro time brasileiro a se classificar para o Masters Berlim em setembro. Apesar da derrota, a FURIA ainda tem mais uma chance de classificar, basta vencerem seu próximo jogo que garantem a segunda vaga.

Por ter um seed maior, a FURIA começou banindo e surpreendeu ao banir o mapa da Icebox, deixando a Bind em aberto, forte mapa de seu adversário, e isso ficou claro já que a Havan começou escolhendo a Bind como primeiro mapa e atropelou, apesar das panteras começarem vencendo o jogo por 2×0. Logo levaram a virada e não conseguiram voltar no primeiro tempo, terminando 9×3 para a Havan. No segundo tempo a FURIA reagiu fazendo 4 pontos na sequência, mas parou assim e o primeiro mapa acabou 13×7 para Havan Liberty.

O segundo mapa foi Haven, escolha da FURIA, apesar de terem começado perdendo os quatro primeiros rounds, a equipe até encaixou cinco rounds, mas o intervalo dos rounds chegou e o placar estava 7×5 para Havan Liberty. No segundo tempo a FURIA reagiu, encostou e chegou a ficar empatado em 10×10, porém a Havan encaixou três rounds na sequencia assim acabando o mapa por 13×10, o destaque do mapa fica para Myssen que teve sete first kills.

myssen destaque do time
Myssen foi um dos destaques da equipe na partida, Foto: Bianca Ferreira/Havan Liberty

O terceiro e último mapa foi Ascent, escolha da Havan Liberty, apesar de ter escolhido o mapa quem começou melhor foi a FURIA que emplacou e começou vencendo por 6×1, Havan reagiu e o primeiro tempo acabou 8×4 para a equipe furiosa. Porém quando trocou para o lado de defesa a equipe da Havan emplacou round atrás de round, chegou a virar a partida em 9×8, a FURIA até tentou reagir e as equipes trocaram alguns rounds, mas o mapa acabou 13×11 para a Havan, garantindo com um 3×0 a vaga em Berlim.

Nas redes sociais, o coach da Havan, Ricardo “Rik” Furquim além de comemorar a vaga para Berlim, pediu para valorizarem os times femininos e comentou que cada treino foi importante.

“Ganhamos da Team Vikings, Stars Horizon e da FURIA treinando quase 30% contra times femininos, nessa semana, para a preparação do jogo da FURIA, 50% dos treinos foram contra times femininos. Se não fossem os times que jogamos contra que treinam sério, não avançam de bobeira e levam cada round como se fosse o ultimo do campeonato, provavelmente não estaríamos aqui, valorizem as minas do jeito que nós valorizamos, cada treinou contou.”, relatou.

Siga o Baserush no Twitter e no Instagram e fique por dentro de tudo!