CS:GO: MiBR perde para G2 na BLAST Premier Fall Series 2020

Blast Premier - MIBR

Na tarde desta quarta-feira (04), MiBR e G2 se enfrentaram pela consolidation final da BLAST Premier Fall Series 2020. Os europeus venceram por 2 a 1 e enfrentarão o Astralis ainda hoje pela final.

Nuke

O primeiro mapa foi Nuke que, com essa nova line up, vem sendo o melhor mapa do MiBR. Com protagonismo de kNgV- e principalmente de leo_drk, que conquistou abates importantíssimos para finalizar os rounds, os brasileiros mostraram mais uma vez um lado terrorista muito forte e saíram na frente no primeiro half pelo placar mínimo de 8 rounds a 7. Já no lado CT, kNgV- e leo_drk continuaram com a boa atuação, porém foi a vez de V$M e trk brilharem, e apesar de ter feito um lado TR ruim, LUCAS1 conseguiu melhorar sua performance. O jogo chegou a ficar 15 a 10 para o G2, porém os brasileiros fizeram um grande comeback e conseguiram levar para o overtime. Entretanto, não foi o suficiente para segurar o time de huNter- e kennyS, que decidiram para a equipe francesa no OT e fecharam o mapa em 19 rounds a 15.

Apesar da derrota, o novo IGL kNgV- continou com a boa performance dos dias anteriores (Fonte: HLTV)

DUST II

A escolha do G2 para o segundo mapa foi o Dust II. O jogo começou com uma grande jogada de Desert Eagle de trk com direito a operada de leo_drk em Niko na última kill do round, confira a jogada em questão em um clipe postado no Twitter oficial do MiBR:

Apesar disto, os brasileiros não conseguiram vencer o primeiro half, que acabou 9 a 6 para os adversários. No lado TR, apesar dos brasileiros começarem bem, os europeus emplacaram vários rounds na sequência e deixaram uma grande vantagem em cima do MiBR, porém com ótimas jogadas e clutchs de trk e kNgV-, os brasileiros conseguiram um comeback e novamente levaram o jogo para o overtime. No OT, a dupla trk e kNgV- mostrou novamente sua força, trazendo rounds difíceis e com uma grande jogava de trk no último round, pegando quatro jogadores de costas e matando três:

Isso foi o suficiente para o MiBR fazer 19 rounds a 17 e a equipe garantir o empate na série. Segue abaixo as estáticas do jogo:

A dupla trk e kNgV- foram os grandes destaques do mapa (Fonte: HLTV)

TRAIN

O mapa que decidiu o vencedor foi Train. Os brasileiros começaram pelo lado mais difícil do mapa, que é o lado terrorista. Apesar de trk ter garantido dois rounds estando 1v2, os brasileiros conseguiram fazer apenas 4 rounds e saíram atrás por 11 rounds a 4. Com a virada de lados, o MiBR ficou do lado mais forte (CT), todavia isso não foi o suficiente para vencer a série. O G2 mostrou um lado terrorista muito forte e encerrou a série por 16 rounds a 5.

 

(Fonte: HLTV)

MIBR na Blast Premier

Apesar da derrota, essa nova line up mostrou que não devem ser subestimados. Jogaram muito bem contra o Astralis, hoje contra o G2 e ganharam da FURIA com apenas uma semana de treino para a Blast Premier. O futuro é promissor, porém tem tudo para ser mais difícil, pois as equipes não irão subestimá-los novamente.