LoL: Em rede social, Hawk cobra salários atrasados do Santos

Quase um ano depois de deixar o Santos Esports, o suporte Gabriel “Hawk” Gomes cobrou pagamentos que teriam sido atrasados pela organização em uma publicação no Twitter, na tarde desta quinta-feira, 25. Atualmente na Netshoes Miners, Hawk mencionou o perfil de dirigentes do Peixe, além da conta oficial do Santos.

No primeiro tuíte, Hawk reclamou: “me paga nunca?”, marcando o perfil oficial do Santos Esports; Leo Di Prado, CEO da Select e-Sports – empresa responsável por administrar a divisão de esportes eletrônicos da equipe paulista; e Marcus “McS33” Vinicius, diretor de operações do Santos Esports.

Em seguida, o jogador destacou que já faz um ano que a organização estaria em dívida com ele. Finalizando, Hawk ainda disparou que “os cara faz 3 mil reais parecer muito”, em uma terceira publicação.

Em 2020, o Santos esteve em meio a uma controvérsia semelhante, quando o técnico inglês Jake “Mora” Hammond e os jogadores sul-coreanos Park “JackPoT” Jin-soo e Kim “Rainbow” Soo-gi teriam ficado mais de sete meses sem receber salários.

Repercussão

Na publicação de Hawk, o próprio Mora se manifestou.

Outros ex-integrantes do time de League of Legends do Santos Esports também comentaram a publicação do suporte, como os botlaners Matheus “Sarkis” Guimarães, Matheus “Drop” Herdy e o jungler Mateus “Mewkyo” Ferraz. Até mesmo Luiz “SKaDinha” Salgado, ex-jogador do time de Rainbow Six: Siege do Santos, foi marcado na postagem de Hawk e respondeu: “Bem vindo ao time!”.

Carreira

Hawk iniciou a carreira profissional no LoL em 2018, pela Redemption POA, e naquele mesmo ano também jogou na WP Gaming. Fez parte da última composição da CNB, em 2019, antes de ser contratado pelo Santos, equipe pela qual conseguiu o acesso do Circuito Desafiante ao segundo split do CBLOL 2020. Com o início do modelo de franquias, foi contratado pela E-flix para defender o Cruzeiro, no primeiro split do CBLOL 2021, e a Netshoes Miners, no segundo. Ele continuará na equipe para o CBLOL 2022.

Siga o Baserush no Twitter e Instagram e fique por dentro de tudo do mundo dos Esports e Games!