CBLOL: TitaN: “Temos que correr muito se quisermos ganhar algo nos playoffs”

titan

Neste sábado, a RED Canids enfrentou a equipe da FURIA em confronto válido pelo CBLOL. A RED acabou sendo derrotada e após o jogo TitaN, atirador da equipe, concedeu entrevista coletiva à imprensa.

Confira os tópicos abordados e a visão de TitaN sobre eles:

Preparação para os confrontos da semana contra FURIA e Vorax

“Com certeza nos preparamos mais para a Vorax. Já estávamos atuando bem mal nas últimas semanas que jogamos. Agora estamos criando uma consistência e trabalhando mais o mapa, mas ainda estamos bem mal. Acho que temos que correr muito se quisermos ganhar alguma coisa nos playoffs, mesmo que a gente classifique em segundo, não adianta essa classificação se estamos horríveis”.

Impacto da derrota para a FURIA

“É um jogo atípico, pra ser bem sincero. Pra mim não faz tanta diferença, se faz diferença pro meu time eu não sei. Na minha cabeça meio que tanto faz termos perdido, o que importa mesmo é amanhã com toda certeza. Isso não tira o mérito da FURIA ter jogado bem e jogado melhor que nós, acho que jogamos muito mal e precisamos melhorar bastante se a gente quiser ganhar da Vorax. Precisamos rever o que erramos e o que precisa fazer de melhor para jogar contra eles. Essa vitória (da FURIA) foi insignificante, na minha opinião”.

Desempenho da RED

“Acho que o meta muda constantemente e tivemos problemas de adaptação. Não sei até que pouco isso foi tão impactante, só que quando chega dentro de jogo fica bem diferente. Nossas comunicações estavam muito ruins e conseguimos ajeitar. Nossa indisciplina é um fator que precisamos melhorar bastante. Também nossas decisões e execuções dentro das plays, se a gente tem certeza do que quer fazer as execuções vão ser muito mais simples. Sinto que ainda estamos muito confusos nesse tipo de situação e que precisamos melhorar bastante pra voltar a ser o que pelo menos éramos antes no campeonato. Precisamos estar bastante de olho, estamos nos playoffs e é algo importante para nós. Temos que trabalhar muito mais do que deveríamos para fazer jogos bons”.

Impacto de treinos ruins no CBLOL

“Essa questão de treinos ruins já é bem recorrente no Brasil. Tem alguns times que acham que é um mar de rosas e devem ter o tempo que eles quiserem, porque tem time que demora 30 minutos pra entrar no próximo jogo e acha que o review é só dele. Eu tenho certeza que evoluiríamos muito mais se as outras pessoas levassem mais a sério as coisas, mas não é assim, já faz um tempo que continua na mesmice. Quando falamos de treino a gente sabe como o Brasil é, quanto mais falam que melhora, mais as pessoas pioram. Chega numa melhor de cinco e no Brasil ela é direta, não tem pausa pra comer. No Brasil as pessoas jogam basicamente uma melhor de três e depois mais dois jogos porque elas tendem a ter uma pausa de 40 minutos a uma hora para comer, e isso é inexistente pra mim. Acho que isso continua acontecendo nos nossos treinos. Tem alguns times que fazem e outros que não fazem, mas os que fazem são malucos. Não existe essa situação de uma melhor de cinco com pausa. Prefiro jogar uma melhor de três, porque aí eu jogo seis jogos e não cinco com uma pausa. É assim com alguns times, não são todos”.

Times que gostariam ou não de enfrentar nos playoffs

“Pra ser bem sincero, não estamos nesse luxo de dizer quem gostaríamos de enfrentar. Acho que temos que focar só no nosso mesmo e procurar melhorar, se a gente jogar igual ao que apresentamos hoje, pode ser qualquer time que vamos perder. Então não temos o luxo de escolher determinado time e pensar que faríamos um bom jogo contra ele. Não tem muito o que falar, é só focar na gente”.

Siga o Baserush no Instagram e no Twitter e fique por dentro de tudo. Também estamos na Twitch!