CBCS: WOOD7 elogia o time e diz que tem totais chances de ser campeão

Quarto lugar na primeira temporada da CBCS Elite League, a equipe da Bravos se classificou novamente para os playoffs na segunda temporada, em entrevista para o Baserush, Adriano “WOOD7” contou que o desempenho na fase de grupos foi satisfatório e que o time não sofreu surpresa.

“Estou muito feliz com o desempenho do time, contra a Havan devido a seu estilo de jogo eles são um oponente muito forte, nós precisamos evoluir para enfrentar eles, contra a Sharks foi muito disputado e poderíamos ter vencido uma equipe que estava treinando na Europa”, relatou.

No período entre a primeira e a segunda temporada a equipe realizou uma mudança em seu elenco, Leonardo “Leomonster” Enrique entrou no time no lugar de Caike “Caike” Costa, segundo Wood7 a adaptação foi rápida.

“Nosso estilo de jogo facilita essa adaptação, nós conquistamos o segundo lugar da CBCS Retake Series sem nenhum dia de treino, o motivo disso é que valorizamos o individual de cada jogador para deixá-lo confortável”.

Wood continuou dizendo que, por outro lado, o time sabe que agora com o tempo eles podem se adaptar ainda mais para melhorar as funções nos treinos para que a equipe consiga evoluir cada vez mais.

foto perfil wood7
Foto: Divulgação/Bravos

Uma das derrotas da equipe na fase de grupos foi para a Sharks, time que estava fazendo um bootcamp na Europa, e segundo Wood, treinar contra equipes que vem da Europa é difícil porque aqui no Brasil as equipes jogam em um estilo mais agressivo focando em trocação individual.

“A Sharks tem um jogo bem construído e com poucas brechas para punir então fica um pouco difícil porque não estamos acostumados com esse estilo para quebrar padrões e setups, um lado negativo é que devido ao ritmo as vezes o jogo fica desenhado e é possível ler eles com um pouco mais de facilidade do que a imprevisibilidade de algumas equipes que atuam no Brasil”.

O próximo confronto da equipe na CBCS é contra a SWS, e, na opinião do jogador, seus adversários cresceram durante a competição. “Apesar da mudança de lineups acredito que alguns jogadores bateram no peito e chamaram a responsabilidade, mesmo que seja um jogo duro contra eles temos totais chances de vencer e seguir em busca do título”.

O confronto contra a SWS será na próxima quinta-feira (5) as 20:00.

Siga o Baserush no Instagram e no Twitter fique por dentro de tudo!