CBLOL: “Jogamos muito melhor que eles”, afirma Titan em coletiva após derrota

titan

Hoje, a RED enfrentou a equipe do Flamengo em confronto válido pela segunda rodada do CBLOL. A RED saiu derrotada da partida e após o jogo Titan, atirador da equipe, concedeu entrevista coletiva à imprensa.

Confira os tópicos abordados e avaliação de Titan sobre eles:

Incosistência da RED e dificuldade de administrar a vantagem

“Acho que não tem muito o que falar sobre isso não, a gente tem uma certa inconsistência sobre isso. Foi o que eu falei no Twitter ontem, os times são muito mais maduros que a gente e se a gente continuar da mesma forma que a gente tá, só ganharemos alguns jogos, pegar playoffs e apenas isso. Mas eu sinto que a gente tá evoluindo de certa forma, como todos os outros jogos que a gente vem jogando, eu concordo com o Jojo sobre afobação que vem desde o split passado, de ser indisciplinado, de entender as coisas com mais calma… Acho que é a mesma coisa de sempre, a gente já sabe o problema, então é apenas resolver, sentar e conversar e ver o que a gente pode fazer de melhor.”

RED do primeiro e segundo split

O jeito que a gente tá jogando é claramente muito óbvio, antes acho que vocês viam botlanes muito mais agressivas e agora a gente tá jogando um pouco mais controlado, a gente tá tentando jogar mais como um time… Se a gente jogar do jeito que a gente tava jogando antes, a gente vai tirar jogos de outros times de um jeito muito mais tranquilo de jogar, mas as pessoas vão entender o jeito que a gente tá jogando e vão jogar melhor contra nós, então assim, tá no ínicio do campeonato, os outros times ainda estão se organizando, o jeito que a gente tá jogando é uma proposta diferente do que a gente vinha jogando no split passado, então acho que é por isso que estamos cometendo esses erros logo de ínicio, não é algo que vou dizer “caramba, perdemos o split já por conta disso”, não é isso, a gente precisa só trabalhar do jeito que estamos trabalhando agora, mas de forma mais controlada e como um time.”

Leia também: CBLOL: Acho que não foi culpa da comissão técnica, eles alertaram que poderia ser um problema, afirma Robo

RED tem futuro mais promissor a partir desta mudança?

“Exatamente, pra mim, nessa partida, a gente foi muito superior em muitos aspectos do que o Flamengo, a gente jogou bem o mapa, jogamos muito melhor que eles, mas eles são muito maliciosos. Uma decisão errada só que a gente tomou e acabou dificultando o jogo, a questão do Baron onde eles nos colocaram em uma situação que a gente tinha que entrar na visão deles e que a gente não tinha o facecheck tão bom, a gente acabou sendo punido. Se você for prestar atenção, a gente saiu na “lead” desde o ínicio de jogo contra eles. A questão mesmo foi afobação ou talvez indisciplina. A gente tem que olhar melhor para o que estamos fazendo porque tivemos um jogo promissor contra o Flamengo e assim como os dois jogos que a gente teve contra o FLA (ano passado) saímos stompando eles, muito na frente, mas por outros fatores acabamos dificultando o nosso próprio jogo. Então, (risada) o Flamengo é meio que um dos nemesis aí que a gente sai ganhando tudo, batendo neles e depois a gente começa a trollar. A gente tem que melhorar, só isso.”

Ezreal voltando ao meta

“Gostei muito, né? Gosto muito de jogar de Ezreal, gosto muito de fazer jogada pra frente com ele, pra mim é algo mais. O Ezreal realmente tá um campeão muito forte, não é muito bom contra Kai’Sa, mas ele escala mais que ela, os dois itens dele são muito mais fortes que os dois itens da Kai’Sa, então se você for botar em conta o que é melhor pro jogo em si, com certeza vai ser o Ezreal e não a Kai’Sa. Pra você jogar de Kai’Sa você tem que jogar com uma composição que vai te habilitar para você poder jogar e é muito mais simples você jogar de Ezreal, seja pra frente ou pra trás, do que você de Kai’Sa que só joga pra frente, só tem um jeito de jogar. Então, pra mim, essa volta do Ezreal foi muito importante.

Siga o Baserush no Twitter e no Instagram e não perca nada sobre o CBLOL e o mundo de League of Legends.