LoL: E-Flix encerra parceria e Cruzeiro não estará mais no CBLOL

cruzeiro esports

Na tarde desta terça-feira (23), a empresa E-Flix anunciou a rescisão do contrato de licenciamento de marca Cruzeiro Esporte Clube e, sendo assim, as equipes geridas pela E-Flix deixarão de se chamar “Cruzeiro Esports”.

As vagas das competições que o Cruzeiro disputava pertencem a E-Flix, empresa que licenciava a marca do clube nos Esports desde agosto de 2019, sendo assim, o Cruzeiro deixará de existir no CBLOL, LBFF e no FIFA.

cruzeiro cblol
E-Flix tinha parceria com clube mineiro para licenciar a marca nos Esports (Reprodução: Cruzeiro Twitter)

Leia também: LoL: Psicólogo alega “falta de respeito” em negociação com Cruzeiro

NOTA DA EFLIX

“No dia 22 de março de 2021, nós comunicamos a rescisão do contrato de licenciamento de marca firmado com o Cruzeiro Esporte Clube para criação e gestão das equipes de eSports daquela entidade. A extinção da relação entre as duas organizações se deu conforme previsão contratual que facultava às partes a dissolução do vínculo.

Assim sendo, E-Flix e Cruzeiro seguirão rumos desassociados a partir de agora. As equipes de League of Legends, Freefire e FIFA desenvolvidas e gerenciadas pela E-Flix deixam de exibir a nomenclatura Cruzeiro eSports, de modo que E-Flix não responderá mais por qualquer iniciativa de esportes eletrônicos do clube. De igual forma, os atletas contratados pela E-Flix encerram seus contratos de imagem junto ao Cruzeiro. Além disso, reitera-se que as vagas nos campeonatos disputados, especialmente no CBLOL e na LBFF, são de titularidade exclusiva da E-Flix, que continuará a exercer seu direito de participação nos próximos splits das competições. A operação foi informada à Riot Games, que está ciente da mudança, e a empresa está de acordo com o plano de transição apresentado pela E-Flix.

Nós celebramos e agradecemos ao Cruzeiro por toda a trajetória e pelos excelentes momentos ao longo deste período de parceria.
“Desejamos grande sucesso ao Cruzeiro em suas iniciativas futuras no segmento de eSports. Trabalhamos para que a modalidade se torne cada vez mais relevante enquanto fenômeno desportivo e cultural”, afirma nossa diretoria.”

Siga o Baserush no Twitter e no Instagram e fique por dentro de tudo do mundo do CBLOL e dos Esports!